RSS
email

Religião vs Ciência e Filosofia

«Da filosofia à ciência o processo é contínuo, e já foi repetido em muitos domínios. «De que é feita a matéria?» era uma pergunta filosófica até se compreender o suficiente para formular hipóteses testáveis e, eventualmente, um modelo científico bem fundamentado. Há séculos que andamos nisto, avançando mais nuns domínios que noutros. E cada avanço levanta mais perguntas que é preciso compreender, e, uma vez compreendidas, tentar responder. Perguntas filosóficas que se transformam em perguntas científicas que dão respostas científicas e levantam novas perguntas filosóficas.»

«Nem a filosofia pode vencer a ciência nem a ciência vencer a filosofia. São ambas parte do mesmo processo de compreensão. Mas o [leitor] tem razão em se preocupar com a religião, que sempre foi a roda quadrada desta carroça. A religião assume que já sabe as respostas e nem sequer gosta de perguntas. Enquanto as outras se ajudavam e avançavam a religião ficou na mesma, cada vez mais isolada da realidade.»(«Ciência, Filosofia e Religião.», no Que Treta!)

«Para além disso, a ciência assenta em verificação experimental e a religião assenta na fé, que por definição dispensa qualquer tipo de comprovação, pelo que as duas abordagens ao conhecimento são completamente irreconciliáveis. E considerando que ao longo de boa parte da História da humanidade se tentou arduamente aproximar ambas parece pouco provável que a conciliação alguma vez aconteça» («O perímetro da ignorância», no De Rerum Natura)

http://www.ateismo.net/diario/2007/04/atesmo-na-blogosfera_20.php

Bookmark and Share

8 comentários:

Adilson Marques disse...

Dário Cardina Codinha,
O texto é muito bom. Continuaremos eternamente a debater ciência vs religião.
Surpreendentemente, devo referir que sempre que a ciência é honesta, coincide com a Bíblia (religião). Podemos verificar isso em muitas situações, como por exemplo a forma da terra, onde a Bíblia tem referência a forma circular da terra.
No entanto, essa discussão coloca-se normalmente numa área específica da ciência - a evolução. Infelizmente nesta área, para os evolucionistas, nada pode ser provado, o que parece um paradoxo, pois a ciência afirma que deve sempre haver verificação. Como é que irá verificar um processo que dura séculos? Impossível. O que a ciência também afirma, para chegar a uma descoberta conclusiva, é que tem de haver um conjunto de provas reunidas para se formar novo conhecimento, na área da evolução através de um simples osso constroi-se um dinossauro inteiro. Imprecisões. Um abraço.

Dário Cardina Codinha disse...

Sempre que a ciencia é tratada como tal, chega a conclusões, tais como: a terra é redonda. A bíblia e outros livros o referem. Em relação à biblia... bem, a ciencia deve estar errada, pois a bíblia diz que o Sol parou... na verdade foi a Terra que parou... se tal tivesse acontecido.
Para os evolucionistas nada pode ser provado? Errado. O que tens, então, a dizer da teoria inflacionária do Big Bang ou da teoria das cordas/M?´
Tanto a Cosmologia como a Biologia podem estudar processos que duram muito tempo. Há muita coisa sobre isso. Como kdizes ser impossível?
Sabes como se constrói um esqueleto atravéz de um osso? Podes perguntar a paleantólogos, na área da criminologia faz-se o mesmo, atristas plásticos e fisiologistas trabalham em conjunto para esboçar uma face atravéz de meia-dúzia de ossos. Se fosse impossível não poderíamos acreditar nas ciências policiais.

umaespeciedeblog disse...

Bem! Esta temática tem muito por onde se lhe pegar. Se lermos a Bíblia com atenção vamos reparar que nela, metaforicamente, estão inscritas revelações científicas, por exemplo, os 6 dias da Criação. O tempo varia ao longo do Universo, isto é, quando se aprxima de um ponto gravitacional o tempo acelera, ou seja, quanto mais perto do Sol estivermos mais rapido passa o tempo e, se repararmos, a duração de um ano em Mercúrio é de apenas aproximadamente de 80 dias terrestres (se não estou em erro, que agradeço a correção caso se verifique). Se transpormos essa relação, os 6 dias da Criação vai dar aproximadamente os 15 mil milhões de anos em que aconteceu o Big Bang. E na Bíblia fala que o Universo apareceu do nada e se foi expandindo, tal teoria é defendida na teoria do Big Bang. Uma das teorias fortemente defendidaspor fisicos é a ocorrência de sussecivos Big Bang's e Big Crunch's (que é nada mais nada menos que o Big Bang ao contrário) e se repararmos toda a matéria que sobe, cai! A grvidade acaba por vencer a força de lançamento do projectil, acabando este por cair. Assim acontecerá com o Universo que neste momento se encontra em expansão (provocada pela explosão inicial, o Big Bang) e quando a força da gravidade vencer a força de expansão originada na explosão inicial, o Universo encolherá, o Big Crunch! Muitos fisicos defendem a existência de multiplos Big Bang's e Big Crunch's, ou seja, vários unisversos existiram antes do nosso e vários haverã depois do nosso! O que explica a teoria da reencarnação, a teoria dos universos paralelos, etc. A Bíblia tem dados escondidos que agora com o avanço da ciência se estão a comprovar.
Agora o que está em causa é se o Deus da Bíblia existe? É claro que não existe, esse Deus como Ala ou o Tao ou outro qualquer é fruto da imaginação do ser humano, é uma personificação. O que realmente é de admirar é como os antepassados que escreveram a Bíblia o fizeram sem instrumentos/conhecimentos científicos dos quais dispomos hoje!
Mas é provavel que exista uma entidade superior, a qual não temos conhecimento, que possa ter criado o Universo dentro do pequeníssimo limite necessário para haver vida, pois já está cientificamente provado que no momento que ocorreu o Big Bang se fosse libertada uma quantidade de energia minimamente superior, o universo tinha-se dispersado com tal velocidade não possibilitando a formação de galáxias. Ora sem galáxias não haveria sistema solar, sem sistema solar não haveria Terra, sem a Terra não haveria vida!
Teria sido uma enorme coincidência? Ou será que estamos todos atrás da mesma causa? Será que o nosso objectivo é defender a continuidade da vida (inteligente)? Será que deveremos construir uma fórmula capaz de produzir outro universo dentro dos parametros necessários à existência de vida? Será que o "faça-se luz" foi a vida existente no universo anterior foi dita pelos seres (vivos) desse tal universo anterior? Será que somos nós que vamos criar Deus? Será que somos nós que vamos criar vida? Será que nós somos Deus?

Dário Cardina Codinha disse...

"O tempo varia ao longo do Universo, isto é, quando se aprxima de um ponto gravitacional o tempo acelera, ou seja, quanto mais perto do Sol estivermos mais rapido passa o tempo e, se repararmos, a duração de um ano em Mercúrio é de apenas aproximadamente de 80 dias terrestres "

De facto, próximo de um ponto muito denso o tempo acelera, mas tem de ser um buraco negro para se notar. Numa estrela, principalmente o Sol, que é uma anã amarela e de relativamente pouca massa, não se nota a diferença. Mercúrio tem um tempo de translação menor do que a Terra porque viaja menos para dar uma volta completa à estrela. Logo, o que escreveste está errado.



"E na Bíblia fala que o Universo apareceu do nada e se foi expandindo, tal teoria é defendida na teoria do Big Bang."

Onde é que na bíblia diz que o Universo foi expandido? E, onde é que na teoria do Big Bang está descrito que o Universo apareceu do nada?



"Uma das teorias fortemente defendidaspor fisicos é a ocorrência de sussecivos Big Bang's e Big Crunch's "

Errado. Essa hipótese caiu por terra ainda no século passado. A descoberta “recente” de que as galáxias se estão a afastar… a ritmo acelerado é prova do contrário



"O que explica a teoria da reencarnação, a teoria dos universos paralelos, etc "

Mais uma vez… ERRADO. A teoria dos Universos Paralelos nada tem a ver com os Big Crunch



"A Bíblia tem dados escondidos que agora com o avanço da ciência se estão a comprovar."

Que dados são esses, tão escondidos?



"está cientificamente provado que no momento que ocorreu o Big Bang se fosse libertada uma quantidade de energia minimamente superior, o universo tinha-se dispersado com tal velocidade não possibilitando a formação de galáxias. "

Achas mesmo? Terá sido devido à energia libertada? Como sabes a energia libertada e a quantidade necessária? O que é o “minimamente superior”? A dispersão não será devido às propriedades das partículas? Pensa lá


Fica bem

Marcos Sabino disse...

"E, onde é que na teoria do Big Bang está descrito que o Universo apareceu do nada?"

o que deu origem ao Big Bang?

Dário Cardina Codinha disse...

Tenho alguns posts que o explicam.
Achas que algum físico se contenta com o "nada"? Eles, mais do que ninguém, querem saber a origem. Há quem se contente com explicações vagas, eles não, querem saber o porquê, como, quando, onde, etc

Sabino disse...

mete-me aí 1 ou 2 links sff...

Dário Cardina Codinha disse...

meto? És brasileiro?
Procura no blog. Também podes consultar sites de física ou a Scientific America Brasil. Têm muitos artigos bons.

20/04/2007

Religião vs Ciência e Filosofia

«Da filosofia à ciência o processo é contínuo, e já foi repetido em muitos domínios. «De que é feita a matéria?» era uma pergunta filosófica até se compreender o suficiente para formular hipóteses testáveis e, eventualmente, um modelo científico bem fundamentado. Há séculos que andamos nisto, avançando mais nuns domínios que noutros. E cada avanço levanta mais perguntas que é preciso compreender, e, uma vez compreendidas, tentar responder. Perguntas filosóficas que se transformam em perguntas científicas que dão respostas científicas e levantam novas perguntas filosóficas.»

«Nem a filosofia pode vencer a ciência nem a ciência vencer a filosofia. São ambas parte do mesmo processo de compreensão. Mas o [leitor] tem razão em se preocupar com a religião, que sempre foi a roda quadrada desta carroça. A religião assume que já sabe as respostas e nem sequer gosta de perguntas. Enquanto as outras se ajudavam e avançavam a religião ficou na mesma, cada vez mais isolada da realidade.»(«Ciência, Filosofia e Religião.», no Que Treta!)

«Para além disso, a ciência assenta em verificação experimental e a religião assenta na fé, que por definição dispensa qualquer tipo de comprovação, pelo que as duas abordagens ao conhecimento são completamente irreconciliáveis. E considerando que ao longo de boa parte da História da humanidade se tentou arduamente aproximar ambas parece pouco provável que a conciliação alguma vez aconteça» («O perímetro da ignorância», no De Rerum Natura)

http://www.ateismo.net/diario/2007/04/atesmo-na-blogosfera_20.php

8 comentários:

Adilson Marques disse...

Dário Cardina Codinha,
O texto é muito bom. Continuaremos eternamente a debater ciência vs religião.
Surpreendentemente, devo referir que sempre que a ciência é honesta, coincide com a Bíblia (religião). Podemos verificar isso em muitas situações, como por exemplo a forma da terra, onde a Bíblia tem referência a forma circular da terra.
No entanto, essa discussão coloca-se normalmente numa área específica da ciência - a evolução. Infelizmente nesta área, para os evolucionistas, nada pode ser provado, o que parece um paradoxo, pois a ciência afirma que deve sempre haver verificação. Como é que irá verificar um processo que dura séculos? Impossível. O que a ciência também afirma, para chegar a uma descoberta conclusiva, é que tem de haver um conjunto de provas reunidas para se formar novo conhecimento, na área da evolução através de um simples osso constroi-se um dinossauro inteiro. Imprecisões. Um abraço.

Dário Cardina Codinha disse...

Sempre que a ciencia é tratada como tal, chega a conclusões, tais como: a terra é redonda. A bíblia e outros livros o referem. Em relação à biblia... bem, a ciencia deve estar errada, pois a bíblia diz que o Sol parou... na verdade foi a Terra que parou... se tal tivesse acontecido.
Para os evolucionistas nada pode ser provado? Errado. O que tens, então, a dizer da teoria inflacionária do Big Bang ou da teoria das cordas/M?´
Tanto a Cosmologia como a Biologia podem estudar processos que duram muito tempo. Há muita coisa sobre isso. Como kdizes ser impossível?
Sabes como se constrói um esqueleto atravéz de um osso? Podes perguntar a paleantólogos, na área da criminologia faz-se o mesmo, atristas plásticos e fisiologistas trabalham em conjunto para esboçar uma face atravéz de meia-dúzia de ossos. Se fosse impossível não poderíamos acreditar nas ciências policiais.

umaespeciedeblog disse...

Bem! Esta temática tem muito por onde se lhe pegar. Se lermos a Bíblia com atenção vamos reparar que nela, metaforicamente, estão inscritas revelações científicas, por exemplo, os 6 dias da Criação. O tempo varia ao longo do Universo, isto é, quando se aprxima de um ponto gravitacional o tempo acelera, ou seja, quanto mais perto do Sol estivermos mais rapido passa o tempo e, se repararmos, a duração de um ano em Mercúrio é de apenas aproximadamente de 80 dias terrestres (se não estou em erro, que agradeço a correção caso se verifique). Se transpormos essa relação, os 6 dias da Criação vai dar aproximadamente os 15 mil milhões de anos em que aconteceu o Big Bang. E na Bíblia fala que o Universo apareceu do nada e se foi expandindo, tal teoria é defendida na teoria do Big Bang. Uma das teorias fortemente defendidaspor fisicos é a ocorrência de sussecivos Big Bang's e Big Crunch's (que é nada mais nada menos que o Big Bang ao contrário) e se repararmos toda a matéria que sobe, cai! A grvidade acaba por vencer a força de lançamento do projectil, acabando este por cair. Assim acontecerá com o Universo que neste momento se encontra em expansão (provocada pela explosão inicial, o Big Bang) e quando a força da gravidade vencer a força de expansão originada na explosão inicial, o Universo encolherá, o Big Crunch! Muitos fisicos defendem a existência de multiplos Big Bang's e Big Crunch's, ou seja, vários unisversos existiram antes do nosso e vários haverã depois do nosso! O que explica a teoria da reencarnação, a teoria dos universos paralelos, etc. A Bíblia tem dados escondidos que agora com o avanço da ciência se estão a comprovar.
Agora o que está em causa é se o Deus da Bíblia existe? É claro que não existe, esse Deus como Ala ou o Tao ou outro qualquer é fruto da imaginação do ser humano, é uma personificação. O que realmente é de admirar é como os antepassados que escreveram a Bíblia o fizeram sem instrumentos/conhecimentos científicos dos quais dispomos hoje!
Mas é provavel que exista uma entidade superior, a qual não temos conhecimento, que possa ter criado o Universo dentro do pequeníssimo limite necessário para haver vida, pois já está cientificamente provado que no momento que ocorreu o Big Bang se fosse libertada uma quantidade de energia minimamente superior, o universo tinha-se dispersado com tal velocidade não possibilitando a formação de galáxias. Ora sem galáxias não haveria sistema solar, sem sistema solar não haveria Terra, sem a Terra não haveria vida!
Teria sido uma enorme coincidência? Ou será que estamos todos atrás da mesma causa? Será que o nosso objectivo é defender a continuidade da vida (inteligente)? Será que deveremos construir uma fórmula capaz de produzir outro universo dentro dos parametros necessários à existência de vida? Será que o "faça-se luz" foi a vida existente no universo anterior foi dita pelos seres (vivos) desse tal universo anterior? Será que somos nós que vamos criar Deus? Será que somos nós que vamos criar vida? Será que nós somos Deus?

Dário Cardina Codinha disse...

"O tempo varia ao longo do Universo, isto é, quando se aprxima de um ponto gravitacional o tempo acelera, ou seja, quanto mais perto do Sol estivermos mais rapido passa o tempo e, se repararmos, a duração de um ano em Mercúrio é de apenas aproximadamente de 80 dias terrestres "

De facto, próximo de um ponto muito denso o tempo acelera, mas tem de ser um buraco negro para se notar. Numa estrela, principalmente o Sol, que é uma anã amarela e de relativamente pouca massa, não se nota a diferença. Mercúrio tem um tempo de translação menor do que a Terra porque viaja menos para dar uma volta completa à estrela. Logo, o que escreveste está errado.



"E na Bíblia fala que o Universo apareceu do nada e se foi expandindo, tal teoria é defendida na teoria do Big Bang."

Onde é que na bíblia diz que o Universo foi expandido? E, onde é que na teoria do Big Bang está descrito que o Universo apareceu do nada?



"Uma das teorias fortemente defendidaspor fisicos é a ocorrência de sussecivos Big Bang's e Big Crunch's "

Errado. Essa hipótese caiu por terra ainda no século passado. A descoberta “recente” de que as galáxias se estão a afastar… a ritmo acelerado é prova do contrário



"O que explica a teoria da reencarnação, a teoria dos universos paralelos, etc "

Mais uma vez… ERRADO. A teoria dos Universos Paralelos nada tem a ver com os Big Crunch



"A Bíblia tem dados escondidos que agora com o avanço da ciência se estão a comprovar."

Que dados são esses, tão escondidos?



"está cientificamente provado que no momento que ocorreu o Big Bang se fosse libertada uma quantidade de energia minimamente superior, o universo tinha-se dispersado com tal velocidade não possibilitando a formação de galáxias. "

Achas mesmo? Terá sido devido à energia libertada? Como sabes a energia libertada e a quantidade necessária? O que é o “minimamente superior”? A dispersão não será devido às propriedades das partículas? Pensa lá


Fica bem

Marcos Sabino disse...

"E, onde é que na teoria do Big Bang está descrito que o Universo apareceu do nada?"

o que deu origem ao Big Bang?

Dário Cardina Codinha disse...

Tenho alguns posts que o explicam.
Achas que algum físico se contenta com o "nada"? Eles, mais do que ninguém, querem saber a origem. Há quem se contente com explicações vagas, eles não, querem saber o porquê, como, quando, onde, etc

Sabino disse...

mete-me aí 1 ou 2 links sff...

Dário Cardina Codinha disse...

meto? És brasileiro?
Procura no blog. Também podes consultar sites de física ou a Scientific America Brasil. Têm muitos artigos bons.

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin