RSS
email

Rápidas: Deus Não Criou os Céus e a Terra - Problemas de Tradução...



No blog Sem Ciência aparece uma notícia intrigante. Uma descoberta interessante. Começa assim: "“No princípio, Deus criou os Céus e a Terra” seria uma afirmação incorreta de acordo com o estudo de uma pesquisadora holandesa."


Ellen Van de Wolde, divulgou recentemente a sua tese na Universidade de Radbound. Ellen é "professora que refuta as primeiras palavras da Gênesis ensina e pesquisa o Velho testamento e textos fonte do judaísmo na universidade. Para ela, houve um erro de tradução e interpretação da Bíblia." refere o blog.

Ainda podemos ler que:

"Após uma análise do texto original hebraico, levando em conta seu contexto, ela afirma que a palavra “bara”, que é usada na primeira frase do Gênesis, não significaria “criar”, mas sim “separar”, de forma que o Velho Testamento começaria com: “No princípio, Deus separou os Céus da Terra”."
E que:

"Na sua interpretação, o Gênesis não fala sobre o princípio absoluto do tempo, mas sim do início de um determinado ato – o que significa que o início da Bíblia não é o princípio de tudo, mas o de uma narrativa."

Bem, os fanáticos pelas escrituras literais e pelo "colar" as peças à na sua cosmovisão poderão chegar à seguinte hipótese:
Afinal a poeira sempre existiu e a Terra e os céus vieram dela. Bom, mas mesmo assim.. hmm.. foi Deus.

Até onde isto nos leva? Uns trabalham para encontrar pistas e os outros aproveitam e colam essas pistas na sua visão deturpada? Ou deturpam as "peças" recortando-as à medida dos buraquinhos? Limam as arestas dos cubos e esculpem as esferas. Assim, os cientistas podem descobrir o que quiserem. É só colar a magnífica e irrefutável frase: "mas quem criou isso foi Deus". Bom, sendo assim, um dia chegaremos ao Big Bang e, encostados ao limite temporal do início dirão o mesmo: "mas quem o criou foi Deus". É que assim não encaixa...

Fonte:
Sem Ciência - Deu não criou Céu e Terra, diz pesquizadora

Bookmark and Share

8 comentários:

natenine disse...

Muitas palavras hebraicas têm diversos significados, por vezes até quase dispares, daí que a tarefa de traduzir é difícil. Neste caso:

bara':
a primitive root; (absolutely) to create; (qualified) to cut down (a wood), select, feed (as formative processes):-- choose, create (creator), cut down, dispatch, do, make (fat).

Como se pode ver pode ter vários significados, depende dos contextos. No contexto do Génesis me parece sem dúvida que a palavra significa criar, uma vez que é usada mais vezes durante o relato da criação, como por exemplo, na criação do homem "Deus bara' homem à sua imagem e semelhança".

Para além do mais se analizarmos a Bíblia no seu todo, as afirmações explicitas e implícitas de Deus enquanto Criador de tudo não teremos dúvidas do que nos é dito no génesis.

Ainda a atestar todos os peritos em texto hebraico (de hoje e de antigamente) que afirmam que a palavra bara' significa criar.

Emerson disse...

Olá Dáio, voce verificou as fontes que enviei em seu outro post?

http://www.anovaordemmundial.com/2009/09/epidemiologista-afirma-que-oms-alterou.html


Convencido agora que a definicao de pandemia foi alterada este ano?

Dário Cardina Codinha disse...

Olá Emerson,

Sim, respondi no outro post. Mas posso copiar. Cá vai:

No pdf que me enviaste, que é de 2004 diz que faze pandémica ocorre quando há uma estirpe em vários continentes e que é eficientemente transmissível entre humanos. Ora, isto refere-se apenas ao influenza. Cada vírus tem o seu comportamento. Não vais estar à espera quie outro vírus se transmita e mate pássaros como refere a fase pré-pandémica do pdf, né??

Dário Cardina Codinha disse...

natenine,

Então a investigadora estará errada? Mas se depende dos contextos este será diferente de outros, logo a palavra terá outro sentido, não?

natenine disse...

A meu ver está errada. E sim a palavra tem outros significados, como mostrei.

Marcos Sabino disse...

Sobre o post:

http://www.answersingenesis.org/articles/2009/10/17/news-to-note-10172009

Ana Ramalho disse...

Olá Dário!

O teu blog tem um grafismo interessante... parabéns!

Quanto a este assunto... é pena a investigadora só se ter baseado num versículo... ainda mais porque a Bíblia, como sabes, não está nos seus mais antigos manuscritos, dividida em versículos.

Abraço!

Ana

Dário Cardina Codinha disse...

Obrigado Ana, mas este template está um pouco esquisito. Queria pô-lo bem mas não tenho paciência nem grandes conhecimentos.

Coloquei este artigo pois achei interessante e algo polémico. Uma nova ideia, uma nova abordagem.

Abraços

12/10/2009

Rápidas: Deus Não Criou os Céus e a Terra - Problemas de Tradução...



No blog Sem Ciência aparece uma notícia intrigante. Uma descoberta interessante. Começa assim: "“No princípio, Deus criou os Céus e a Terra” seria uma afirmação incorreta de acordo com o estudo de uma pesquisadora holandesa."


Ellen Van de Wolde, divulgou recentemente a sua tese na Universidade de Radbound. Ellen é "professora que refuta as primeiras palavras da Gênesis ensina e pesquisa o Velho testamento e textos fonte do judaísmo na universidade. Para ela, houve um erro de tradução e interpretação da Bíblia." refere o blog.

Ainda podemos ler que:

"Após uma análise do texto original hebraico, levando em conta seu contexto, ela afirma que a palavra “bara”, que é usada na primeira frase do Gênesis, não significaria “criar”, mas sim “separar”, de forma que o Velho Testamento começaria com: “No princípio, Deus separou os Céus da Terra”."
E que:

"Na sua interpretação, o Gênesis não fala sobre o princípio absoluto do tempo, mas sim do início de um determinado ato – o que significa que o início da Bíblia não é o princípio de tudo, mas o de uma narrativa."

Bem, os fanáticos pelas escrituras literais e pelo "colar" as peças à na sua cosmovisão poderão chegar à seguinte hipótese:
Afinal a poeira sempre existiu e a Terra e os céus vieram dela. Bom, mas mesmo assim.. hmm.. foi Deus.

Até onde isto nos leva? Uns trabalham para encontrar pistas e os outros aproveitam e colam essas pistas na sua visão deturpada? Ou deturpam as "peças" recortando-as à medida dos buraquinhos? Limam as arestas dos cubos e esculpem as esferas. Assim, os cientistas podem descobrir o que quiserem. É só colar a magnífica e irrefutável frase: "mas quem criou isso foi Deus". Bom, sendo assim, um dia chegaremos ao Big Bang e, encostados ao limite temporal do início dirão o mesmo: "mas quem o criou foi Deus". É que assim não encaixa...

Fonte:
Sem Ciência - Deu não criou Céu e Terra, diz pesquizadora

8 comentários:

natenine disse...

Muitas palavras hebraicas têm diversos significados, por vezes até quase dispares, daí que a tarefa de traduzir é difícil. Neste caso:

bara':
a primitive root; (absolutely) to create; (qualified) to cut down (a wood), select, feed (as formative processes):-- choose, create (creator), cut down, dispatch, do, make (fat).

Como se pode ver pode ter vários significados, depende dos contextos. No contexto do Génesis me parece sem dúvida que a palavra significa criar, uma vez que é usada mais vezes durante o relato da criação, como por exemplo, na criação do homem "Deus bara' homem à sua imagem e semelhança".

Para além do mais se analizarmos a Bíblia no seu todo, as afirmações explicitas e implícitas de Deus enquanto Criador de tudo não teremos dúvidas do que nos é dito no génesis.

Ainda a atestar todos os peritos em texto hebraico (de hoje e de antigamente) que afirmam que a palavra bara' significa criar.

Emerson disse...

Olá Dáio, voce verificou as fontes que enviei em seu outro post?

http://www.anovaordemmundial.com/2009/09/epidemiologista-afirma-que-oms-alterou.html


Convencido agora que a definicao de pandemia foi alterada este ano?

Dário Cardina Codinha disse...

Olá Emerson,

Sim, respondi no outro post. Mas posso copiar. Cá vai:

No pdf que me enviaste, que é de 2004 diz que faze pandémica ocorre quando há uma estirpe em vários continentes e que é eficientemente transmissível entre humanos. Ora, isto refere-se apenas ao influenza. Cada vírus tem o seu comportamento. Não vais estar à espera quie outro vírus se transmita e mate pássaros como refere a fase pré-pandémica do pdf, né??

Dário Cardina Codinha disse...

natenine,

Então a investigadora estará errada? Mas se depende dos contextos este será diferente de outros, logo a palavra terá outro sentido, não?

natenine disse...

A meu ver está errada. E sim a palavra tem outros significados, como mostrei.

Marcos Sabino disse...

Sobre o post:

http://www.answersingenesis.org/articles/2009/10/17/news-to-note-10172009

Ana Ramalho disse...

Olá Dário!

O teu blog tem um grafismo interessante... parabéns!

Quanto a este assunto... é pena a investigadora só se ter baseado num versículo... ainda mais porque a Bíblia, como sabes, não está nos seus mais antigos manuscritos, dividida em versículos.

Abraço!

Ana

Dário Cardina Codinha disse...

Obrigado Ana, mas este template está um pouco esquisito. Queria pô-lo bem mas não tenho paciência nem grandes conhecimentos.

Coloquei este artigo pois achei interessante e algo polémico. Uma nova ideia, uma nova abordagem.

Abraços

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin